Declaração de princípios

Declaração de princípios

 

   Os ensinamentos maçônicos orientam seus membros a se dedicar à felicidade de seus semelhantes, não só porque a razão e a moral lhes impõem tal obrigação, mas também porque esse sentimento de solidariedade os faz irmãos.

   Declaração de Princípios

   I - Amar a Deus, a Pátria, a Família e a Humanidade;
   II - Praticar a beneficência, de modo discreto, sem humilhar;
   III - Praticar a solidariedade maçônica, nas causas justas, fortalecendo os laços de fraternidade;
   IV - Defender os direitos e as garantias individuais;
   V - Considerar o trabalho lícito e digno como dever do homem;
   VI - Exigir de seus membros boa reputação moral, cívica, social e familiar, pugnando pelo aperfeiçoamento dos costumes;
   VII - Exigir tolerância para com toda forma de manifestação de consciência, de religião ou de filosofia, cujos objetivos sejam os de conquistar a verdade, a moral, a paz e o bem social;
   VIII - Lutar pelo princípio da equidade, dando a cada um o que for justo, de acordo com sua capacidade, obras e méritos;
   IX - Combater o fanatismo, as paixões, o obscurantismo e os vícios.